fbpx
Startups

Descubra como as logtechs deixarão sua vida mais fácil

Você sabe o que são LogTechs? O nome pode ser estranho no começo, mas de forma simples são startups (relembre o que são startups clicando aqui) que usam a tecnologia e inovação para otimizar processos logísticos.

AFINAL, O QUE É LOGÍSTICA?

Segundo Ronald H. Ballou, professor de operações na Weatherhead School of Management, em Ohio – EUA, a função da logística é “assegurar a disponibilidade do produto certo, na quantidade certa, e na condição certa, no lugar certo, no momento certo, para o cliente certo, ao custo certo”.

Em outras palavras, mais do que levar produtos ou pessoas do ponto A ao ponto B, logística também está relacionada a quantidade de materiais usadas e possui pilares fundamentais: segurança, tempo, cliente e preço.

MAS, O QUE AS LOGTECHS TÊM A VER COM ISSO?

Atualmente, alguns dos principais problemas das cadeias logísticas são:

  1. viagens ociosas sem carga ou pessoas para serem transportadas;
  2. tempo elevado de trajetos;
  3. fretes mais caros para quem compra e custos mais altos para quem transporta.

Através de métodos inovadores e em muitos casos tecnológicos, as logtechs criam oportunidades diminuindo ou em muitos casos eliminando a ociosidade, tornando a movimentação mais barata, eficiente e inteligente.

Além disso, geram dados importantes para a melhoria contínua tais como localização em tempo real, velocidade estimada de cada trajeto, tempo médio e custos estimados para cada etapa do processo.

QUAL É A RELAÇÃO DAS LOGTECHS COM A MINHA VIDA?

Você, provavelmente, já utilizou muitas delas como Uber, para visitar algum parente ou amigo, Ifood, para pedir aquele lanche na madrugada ou mesmo o Zé Delivery para pedir aquela bebida (alcóolica ou não alcóolica) durante alguma confraternização.

Se já viajou de avião, já deve ter ouvido falar da MaxMilhas, uma plataforma para compra de passagens aéreas a preços mais acessíveis.

E se você conhece alguém da região Amazônica, saiba que por lá é possível comprar passagens de balsas com alguns cliques através da NavegAM.

No futuro, é bem provável que empresas como essas estejam cada vez mais presentes no nosso dia a dia.

E ENTÃO, QUAL É A O FUTURO DA LOGÍSTICA?

Iniciativas para criar navios, aviões e outros meios de transporte que não precisam de um ser humano para conduzi-los são bastante discutidas. Ampliar ainda mais as rotas de entregas usando drones é algo que já até começou a ser implementado.

No campo da internet das coisas (IoT), o objetivo é criar ainda mais conexões fazendo com que as instalações ou galpões logísticos sejam monitorados em tempo real e “conversem” com os distribuidores, informando todos os passos e eventos que acontecem nas duas pontas.

Outra grande tendência, está na coleta, análise e gestão de dados. Já que processos logísticos geram diversas informações que podem ser usadas para melhorar ainda mais as atividades. E na era dos dados, gerenciar tudo isso pode ser trabalhoso.

IMAGINOU GRANDES OPORTUNIDADES NESSE MERCADO?

Segundo relatório da Distrito, de 2015 a 2020, no mundo, mais de 57 bilhões de dólares foram investidos em logtechs. Ao passo que, somente no Brasil, de 2011 a 2020 foram mais de 1,3 bilhões de dólares. Este se mostra um mercado promissor.

Agora, se você tem vontade de desenvolver soluções para o setor logístico brasileiro, um grupo de empreendedores pode te ajudar!

A SEU MVP desenvolveu uma verdadeira jornada de inovação que vai te ajudar a tirar sua ideia do papel. Uma de suas linhas de atuação está nas logtechs.

Para mais informações, acesse:

Autor: Daniel de Matos Pereira

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo