Polícia

Maranhense é morta por ex-companheiro em Minas Gerais

Suspeito foi preso pela polícia que segue investigando o caso.

Beatriz Nunes Andrade, de 23 anos foi morta no município de Frutal, no interior de Minas Gerais. O corpo da jovem natural de Viana, Maranhão, foi encontrado na última quinta-feira (6), dentro de um veículo nas proximidades do Centro de Controle Zoonoses, no banco do passageiro. O principal suspeito é o ex-namorado da vítima.

Segundo a polícia, o suspeito e a vítima tiveram um desentendimento na garagem da casa dele antes do crime. O suspeito matou Beatriz com golpes de faca, depois disso, ele teria colocado o corpo dela dentro de um carro que pertencia a ela e deixado em rua de terra deserta, no bairro Progresso.

Suspeito preso de matar Beatriz Nunes, de 23 anos
Suspeito preso de matar Beatriz Nunes, de 23 anos

Ainda segundo a polícia, o suspeito retornou para casa e fez a limpeza do local do crime, assim como da arma utilizada. Manchas no chão e na calçada foram indicadas como resquícios do sangue lavado após o crime. No entanto, ele permaneceu com o celular da vítima.

A polícia de Frutal seguiu as pistas e chegou até o suspeito, efetuando a prisão. A mãe dele também foi presa como co-autora do crime. Conforme a polícia, ela se encontrava no local e disse ter tentado separar a briga, mas não teve sucesso.

Após a morte de Beatriz, a mãe do suspeito permaneceu calada, assumindo todo o caso cerca de 10 horas depois do crime. Após os depoimentos da mãe e do filho foi ratificada as prisões.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar