Polícia

Suspeita de mandar matar adolescente é encontrada morta em matagal em São Luís

Polícia Civil investiga o caso.

A  Polícia Civil do Maranhão está investigando dois homicídios ocorridos no último domingo (27). De acordo com as informações, um adolescente identificado como Abraão R. de S., de 17 anos, foi morto por volta das 02h00 da madrugada com vários tiros, o crime ocorreu no bairro Bom Jardim, no município de São José de Ribamar, região metropolitana de São Luís.

Segundo as investigações policiais, Abraão foi executado após uma ordem que partiu de uma mulher identificada como Letícia Fernanda Trindade Ferreira que teria envolvimento com o tráfico de drogas, e utilizou o nome de uma facção criminosa para que o crime acontecesse contra o adolescente. Horas depois, líderes do grupo criminoso foram informados do homicídio e teriam mandado executar Letícia Trindade, como forma de punição.

De acordo com a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), um parente da mulher ligou para o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), onde informou que soube que Letícia havia sido morta e deixada em um matagal no Residencial Tiradentes, em São Luís.

Após chegar no local indicado, a polícia conseguiu localizar o corpo de Letícia Trindade, que tinha 30 anos e morava no bairro Quinta, em São José de Ribamar. O corpo apresentava várias perfurações de arma de fogo. As investigações iniciais confirmaram que a mulher tinha ligação com o tráfico de drogas e que ela seria a principal mandante do homicídio que vitimou o adolescente de 17 anos. O caso segue sendo investigado pela polícia Civil.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo