Gospel

Urach desabafa: Não me senti assim nem na prostituição

Modelo comentou saída da Igreja Universal  

Na madrugada desta sexta-feira (30), Andressa Urach usou suas redes sociais para desabafar sobre sua saída da Igreja Universal do Reino de Deus. A modelo relatou no Instagram que se sentiu “um objeto descartável” e que não se sentia dessa forma nem ao trabalhar como prostituta.

Urach sofre com transtorno de personalidade boderline. Ela afirmou que havia parado de tomar remédios enquanto estava na igreja, mas que voltará a se medicar devido à crises que retornaram nesta segunda (26). Além disso, anunciou também que trancará a faculdade de jornalismo por não estar conseguindo estudar.

Na publicação, a modelo escreveu que se falasse tudo que aconteceu nesses últimos anos (em que estava na Igreja Universal), seus seguidores se escandalizariam e ela própria teria virado ateia. A modelo disse que sabe que Jesus não tem nada a ver com o que aconteceu com ela e que a obra de Deus é feita por pessoas falhas, mas que não consegue mais ir à igreja.

– A questão em pauta é… amo a igreja, mas não consigo mais ir na igreja, peguei ranço. – desabafou

Andressa afirmou ter sido excluída de grupos após deixar a instituição, fazendo-a se sentir como se tivesse “demônios”.

Urach também afirmou que pediu devolução das doações feitas à IURD e demonstrou incerteza quanto ao seu contrato com a Record, emissora de Edir Macedo. Ela disse que seu contrato vai até março do próximo ano, mas não descartou a possibilidade de ser demitida antes disso, como ocorreu quando ela desobedeceu a orientação que recebeu da instituição e se casou com Tiago Costa, pai de seu filho.

Apesar da decepção, a modelo deixou claro que não perdeu a fé:

– Graças a Deus, no hospital em 2014, estive de frente com a morte e passei por uma experiência pessoal com Deus e sei que Jesus é vivo.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar