fbpx
Gospel

Igreja Luterana nos EUA elege bispo transgênero

Megan Rohrer não se identifica nem como homem, nem como mulher

A Igreja Evangélica Luterana dos Estados Unidos elegeu na segunda-feira (12) o primeiro bispo transgênero para ministrar em uma grande denominação cristã americana. Megan Rohrer tem 41 anos e não se identifica nem como homem, nem como mulher.

Megan é conhecido por ter desempenhado um trabalho de assistência a moradores de rua LGBTs (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) em São Francisco e foi ordenado como pastor em 2006.

– Luteranos declararam, mais uma vez, que pessoas transgênero são belas filhas de Deus – declarou Megan após a eleição.

Megan ficará à frente da região episcopal correspondente ao norte da Califórnia e norte de Nevada, com mais de 180 igrejas que somam 36 mil integrantes. Aproximadamente 13 mil pessoas participam dos cultos ali todos os domingos.

Em uma rede social, Megan desejou que “essa confusão o inspire a reparar em todas as outras coisas maravilhosas que Deus fez que você pode ter perdido”.

Megan já apareceu na série LGBT Queer Eye, tem dois filhos e é casado com uma mulher.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo