fbpx
Covid-19Polícia

Por desvios de vacinas, profissionais de saúde indígenas são indiciados pela PF

Barra do Corda - enfermeira aplicou imunizante em familiares ao invés de aplicar em indígenas.

A Polícia Federal instaurou Inquérito Policial no dia 17 de marco de 2021para apurar a conduta de uma técnica de enfermagem da Saúde Indígena do Polo da cidade de Barra do Corda, no Maranhão, por desvios de vacinas da Coronavac destinadas ao público indígena, que foram aplicadas em familiares da investigada.

A equipe da Polícia Civil se deslocou aos municípios  de Barra do Corda e Jenipapo dos Vieiras, para a colheita dos  depoimentos dos envolvidos. Na oportunidade, a técnica de enfermagem confessou a prática delitiva e os parentes vacinados também confirmaram o recebimento das doses vacinação.

Com o desenrolar das investigações foi possível verificar que um enfermeiro ao qual estava subordinada a técnica de enfermagem acompanhou a vacinação indevida de dois parentes desta, tendo, inclusive, feito os registros da vacinação irregular de um deles.

Com isso, a Polícia Federal indiciou a técnica de enfermagem no crime de peculato (art.312 do CP) e o enfermeiro no crime de peculato a título de omissão imprópria (art.312 c/c art. 13, §²°, ”b” do CP), pois figurava na posição de garantidor, possuindo o poder  e dever de agir para impedir a vacinação irregular, entretanto, manteve-se inerte.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo