fbpx
LocalPolícia

Suspeitos de roubos e homicídios são presos durante operação em São José de Ribamar

Na manhã desta sexta-feira (9), foram cumpridos, aproximadamente 40 mandados de busca e apreensão e também 33 mandados de prisão, contra suspeitos de integrarem facções criminosas na cidade de São José de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís.

Suspeitos de roubos e homicídios são presos durante operação em São José de Ribamar — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão.

Suspeitos de roubos e homicídios são presos durante operação em São José de Ribamar — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão.

A operação, denominada de Maré Baixa, foi realizada pela Polícia Civil do Maranhão, em vários bairros do município.

“Essa operação é fruto de um trabalho investigativo, que vem sendo realizado há cerca de seis meses. E foi possível identificar membros dessas facções, que estavam praticando crimes como roubo e homicídios na cidade de São José de Ribamar”, explicou o delegado Carlos Alessandro, que é superintendente de Polícia Civil da Capital.

Durante a ação, coordenada pela Superintendência de Polícia Civil da Capital, 32 pessoas suspeitas foram conduzidas em cumprimento a mandados de prisão. Entre essas 32 pessoas, 14 já estavam custodiadas na Penitenciária de Pedrinhas.

Segundo a polícia, os presos são suspeitos de diversos crimes como tráficos de drogas, roubos e homicídios na área de São José de Ribamar.

“Além do crime de organização criminosa, que eles formam para cometer crimes, eles também praticam infrações penais como roubos e homicídios. Esses homicídios são relacionados a essa rivalidade que existe entre essas duas facções que existem em São José de Ribamar”, destacou o delegado.

Durante a operação, a polícia fez a apreensão de uma arma de fogo e de porções de drogas.

Suspeitos de roubos e homicídios são presos durante operação em São José de Ribamar — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão.

Suspeitos de roubos e homicídios são presos durante operação em São José de Ribamar — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Maranhão.

A ação contou com 150 policiais civis e apoio de 50 policiais militares e 10 guardas municipais.

Fonte: G1
Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo