fbpx
EntretenimentoFofoca

Família de Tom Veiga pode pedir exumação do corpo do artista por suspeita de envenenamento

A informação, confirmada pelo colunista Léo Dias, traz hipótese de familiares após divulgação de áudio

A família de Tom Veiga, que era intérprete do papagaio Louro José, pode pedir a exumação do corpo do ator. A informação foi publicada pelo colunista Léo Dias nesta terça-feira (6), também relatando que os familiares estariam suspeitando da hipótese de envenenamento.

Tom foi encontrado morto em casa, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, ainda em novembro do ano passado. Segundo laudo do Instituto Médico-Legal, divulgado na época, o artista teria falecido por causa de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico.

Ainda segundo o colunista Léo Dias, as suspeitas atuais teriam iniciado em volta da ex-mulher do ator, Cybelle Hemínio da Costa Veiga. Após a morte, ela foi beneficiada com metade dos bens estipulados em testamento, além de uma pensão de 18 mil reais por um ano.

ÁUDIO LEVANTA SUSPEITAS

Nesta semana, um áudio vazado e obtido pelo jornal Extra, do Rio de Janeiro, mostrou que Tom teria confirmado o desejo de tirá-la do testamento cerca de uma semana antes da morte. No entanto, a mudança no documento não aconteceu.

Tom Veiga e Cybelle Hemínio
Cybelle ainda não se pronunciou sobre as notícias relacionadas às dúvidas da família Foto: reprodução/Instagram

Tom Veiga e Cybelle ficaram casados durante oito meses. No anúncio do término, ambos relataram a impossibilidade de alinhamento em diversas questões.

Agora, com a divulgação do áudio gravado pelo ator, a família deseja anular o documento. “Só soubemos que realmente ele havia lavrado o documento no dia de seu velório”, disse um amigo do falecido artista ao jornal carioca.

Até o momento, a empresária Cybelle Hemínio não se pronunciou sobre o caso ou sobre o testamento do ex-marido.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo