fbpx
NacionalPolícia

Polícia encerra live do cantor Raniery Gomes após denúncias de aglomeração, na Paraíba; VÍDEO

Transmissão teria sido feita para ajudar trabalhadores do setor de eventos; cantor diz que não houve excesso de pessoas no local. PM disse que vai apurar como a ação aconteceu.

A Polícia Militar encerrou, na noite do sábado (27), uma live realizada pelo cantor de forró Raniery Gomes, no Centro de Cabedelo, na Grande João Pessoa. A intervenção foi feita ainda no início do evento, após denúncias de aglomeração e som alto.

 

A justificativa da PM é de que o evento descumpria as determinações estaduais com medidas mais restritivas no combate à pandemia de Covid-19.

Segundo o artista, a transmissão tinha a finalidade beneficente de arrecadar recursos para ajudar financeiramente outros colegas do segmento, mais afetados pela pandemia, por não estarem realizando apresentações há mais de um ano.

Durante o vídeo, o cantor libera a entrada da equipe policial na residência em que o evento estava acontecendo. A live ainda durou até quase duas horas, quando foi encerrada definitivamente.

Durante o vídeo, em vários momentos, o músico disse que não havia aglomerações no local e que os profissionais que participavam da transmissão estavam seguindo medidas de prevenção à Covid-19.

À TV Cabo Branco, a 6ª Companhia Independente de Cabedelo informou que os motivos para o encerramento da live devem ser questionados à coordenação do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), que é de onde partem as determinações dos serviços. Na segunda-feira (19), um procedimento deve ser aberto pela PM para apurar os detalhes de como a ação aconteceu.

O G1 tentou entrar em contato com a assessoria de comunicação do Ciop e do cantor Raniery Gomes, mas até 10h, não teve as ligações atendidas.

Desde o fim de fevereiro, as formas policiais têm reforçado a fiscalização para conter o avanço da doença no estado. Na segunda (19), a Paraíba dá início a um feriadão de pelo menos cinco dias, para evitar a propagação do novo coronavírus.

Fonte: G1

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo