fbpx
Polícia

Casal é preso suspeito de torturar e estuprar filho de 3 meses em Ribamar

O bebê apresentava lesões nas partes íntimas e quadro de desnutrição.

A Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), por meio da Delegacia Especial da Mulher de São José de Ribamar e SAISP Leste cumpriu na terça-feira (23), um mandado de prisão contra um casal acusado de prática dos crimes de tortura e suspeita de estupro de vulnerável.

Mãe suspeita de agredir o próprio filho
Mãe suspeita de agredir o próprio filho

De acordo com as investigações, a vítima foi o próprio filho do casal, uma criança de apenas 3 meses de vida. O caso de violência só foi descoberto no início de fevereiro de 2021, após profissionais de saúde do Hospital Municipal de São José de Ribamar atenderem a criança e desconfiaram dos ferimentos.

O bebê apresentava lesão extensa na língua, fissura no ânus e quadro grave de desnutrição. O casal identificado como Rayanni da Silva e Ary Marques foi preso em flagrante, mas  depois posto em liberdade.

As investigações continuaram e com documentos médicos, relatório do Conselho Tutelar, Boletins de Ocorrência e exames  de verificação de práticas libidinosas, a delegada responsável pelo caso decidiu representar pela prisão cautelar dos dois acusados.

O casal foi localizado na Vila Roseana Sarney, no bairro Turiuba II. Após apresentação dos presos no DP, eles foram encaminhados a Unidade Prisional de Pedrinhas, onde passam a ficar à disposição da Justiça.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo