Polícia

Ex-funcionário de Instituto está entre os presos de operação policial em São Luís

Mais de R$ 50.000,00 mil foram roubados no assalto que teve a participação do ex-funcionário.

Durante a operação da Polícia Civil do Maranhão (PCMA) para cumprir 11 mandados de prisão, busca e apreensão em diversos bairros de São Luís, um dos alvos era um ex-funcionário de um instituto de serviços comunitários localizado na Vila Luizão.

De acordo com os policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e Delegacia de Roubos e  Furtos de Veículos (DRFv) o homem é acusado  de junto com outro suspeito, participar do assalto realizado no final de 2020, onde foram subtraídos mais de R$ 50.000,00 mil que seria para pagar os trabalhadores do local.

Ainda, o homem foi o responsável por repassar informações das movimentações do instituto facilitando a ação criminosa. Após a prisão, o indivíduo confessou que tinha ligação com o crime. Até o momento a quantia roubada não foi recuperada pela polícia.

Desdobramentos

Na quinta-feira (18), a PCMA realizou a operação para cumprir 11 mandados de prisão, sete pessoas foram presas, todas suspeitas de envolvimento com crimes de assaltos a estabelecimentos comerciais, veículos e residenciais  situados na região metropolitana de São Luís. Além destes presos, a polícia tenta localizar outros elementos com participação nesses crimes. Um dos mandados ocorreu no estado do Ceará.

Depois de serem presos, os indivíduos foram encaminhados ao sistema prisional de Pedrinhas, onde passaram a ficar à disposição da Justiça.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo