Polícia

Sanador de 87 anos, morre vítima da Covid-19

José Maranhão era o decano do senado.

O senador José Maranhão (MDB-PB), 87 anos, morreu nesta 2ª feira (8.fev.2021) por complicações decorrentes da covid-19. Ele estava internado desde 29 de novembro de 2020. Foi transferido para UTI do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, em 3 de dezembro. O corpo do congressista será enterrado em Araruna (PB), sua cidade natal.

Senador José Maranhão(Foto: Pedro França)

Maranhão era o senador mais velho da legislatura atual e também o presidente do MDB na Paraíba. Estava de licença desde 12 de janeiro.

A senadora Nilda Gondim (MDB-PB) era sua suplente. Já havia tomado posse durante a licença do Senador e agora será sua sucessora. A congressista, que ingressou na política em 2009, é mãe do ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) Vital do Rêgo Filho.

Maranhão foi o 2º senador a morrer de covid-19. Arolde de Oliveira (PSD-RJ) morreu da doença em 21 de outubro, aos 83 anos.

GRUPO DE RISCO

Apesar de estar em grupo de risco, Maranhão era visto constantemente em locais públicos sem máscara. Durante a campanha eleitoral de 2020, publicou diversas fotos em meio a aglomerações, aumentando o risco de contágio.

Em setembro, participou da inauguração da Usina Solar Coremas, em João Pessoa, ao lado do presidente Jair Bolsonaro. O senador e o chefe do Executivo estavam sem o equipamento de proteção.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo