Polícia

Sangue de inocentes foram derramado pela própria polícia 

Policiais podem ter envolvimento na execução de policial e Jovem em São Luís.

A Secretaria de Segurança Pública do Maranhão precisa dar uma resposta à sociedade maranhense, em especial aos próprios policiais, em relação à morte do Auxiliar de Perito, Salomão Santos, executado de maneira brutal durante a madrugada desta sexta-feira (29).

Imagem Ilustrativa

Fontes ouvidas pelo Jornal Itaqui-Bacanga disseram que a execução do policial civil foi de autoria dos próprios policiais velados, que na tentativa de retirar um criminoso de circulação acabaram matando um colega de trabalho.

Essa atitude mais ostensiva e errônea se dá principalmente, após a morte do Tenente-Coronel da Polícia Militar, Ronilson, no fim da tarde de quinta-feira (27), no Residencial Paraíso. Depois deste Latrocínio contra o militar, uma sequência de homicídios foram ocorrendo. No Coroado um jovem, sem antecedentes criminais e possivelmente sem ligação com a criminalidade, também foi executado com as mesma características do assassinato do policial Civil, homens em um carro chegaram atirando e fugiram.

Ambos os casos estão sendo investigados, e caso se comprove a autoria deste crime como sendo dos policiais velados e de militares, aqueles que compõe a polícia séria e comprometida em proteger o cidadão de bem e manter a ordem, precisão se posicionar com o rigor que determina a lei. A final foram pessoas de bem, que não tinham nenhum envolvimento com a criminalidade que morreram ‘de graça’, por um suposto erro desses Agentes, que estão agindo como verdadeiros criminosos.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo