Polícia

Líderes de facções criminosas morrem em confronto com a polícia em Turiaçu e Penalva

Os suspeitos mortos reagiram e trocaram tiros com a polícia. Armas e munições foram apreendidos.

Durante o final de semana, dois homens considerado líderes de facções criminosas foram mortos em confronto com a polícia. De acordo com informações, no sábado (16), a Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia do Município de Turiaçu, deflagrou a Operação batizada ‘Manguetown’, para cumprir mandados de prisões contra homicidas que vinham aterrorizando a população.

Nas duas ações policiais, os Agentes foram recebidos a tiros (foto reprodução)

Durante as diligências, um dos alvos da ação policial foi localizado em um bar. Ao perceber a presença dos Agentes, o suspeito tentou fugir por uma região de mangue. Houve perseguição e troca de tiros, em que um dos suspeitos foi baleado e veio a óbito. Segundo a polícia, o homem era procurado pela Justiça, pelo crime de homicídio, também, apontado como um dos líderes de uma facção criminosa na região.

A polícia apreendeu em posse do suspeito uma arma de fogo usada para atirar contra os policiais, os outros elementos conseguiram fugir.

Durante a manhã de domingo (17), policiais militares do Batalhão de Operações Espaciais (Bope) e Força Tática receberam denúncias de que dois homens suspeitos de integrar um grupo criminoso estavam no Povoado São Joaquim, no município de Penalva. Ao se deslocarem para atender a ocorrência, os militares foram recebidos com disparos de arma de fogo vindos de direção de um bar.

De pronto as guarnições responderam as injustas agressões, sendo alvejado Jayrison Sousa Jansen, conhecido por ”Gaguinho” ou ”Lobo”. E uma segunda pessoa proprietária do estabelecimento comercial também foi atingida na perna e encaminhada ao Hospital Municipal, liberado pouco tempo depois.

Jayrison Jansen foi alvejado no tórax, não resistiu aos ferimentos e faleceu. Segundo informações levantadas pela polícia, ele exercia a função de ‘torre’, considerado um dos líderes de uma facção criminosa com forte atuação na região da Baixada Maranhense. Ainda contra Gaguinho havia dois mandados de prisão pelos crimes de associação criminosa, tráfico de drogas e homicídio. Ele também é suspeito de pagar proprina à policiais para receber informações antecipadas sobre ações policiais.

Além Gaguinho, um outro homem identificado como Eliosmar Pereira Moreira, vulgo Bidão foi preso. Com ele a polícia encontrou duas pistolas, carregadores, munições e celulares.

As ações em Turiaçu foram coordenadas pela Polícia Civil com apoio operacional do Grupo Operações Especiais (GOE) da Polícia Militar.

Jayrison Jansen, vulgo Gaguinho foi morto durante confronto com a PM do Bope (foto divulgação)
Armas apreendidas pela Polícia (foto divulgação)
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo