LocalPolítica

Josimar de Maranhãozinho e mais dois deputados na mira da PF

Polícia Federal deve deflagrar nova a operação que pode chegar aos parlamentares.

Conhecido por está envolvido em polêmicas é possíveis caso de corrupção, o deputado federal Josimar de Maranhãozinho está na mira da Polícia Federal.

Maranhãozinho, Gildeneimir e Hélio Soares
Maranhãozinho, Gildeneimir e Hélio Soares

A informação foi divulgada pelo site Marrapá. Além de Maranhãozinho, os deputados Pastor Gildeneimir (federal) e Hélio Soares (estadual) estariam no bojo das investigações que envolvem agiotagem e possível desvio de emenda parlamentar, referente a COVID-19.

Durante a última semana, a PF deflagrou uma operação batizada de “Ágio Final I” que chegou ao um dos agiotas mais conhecidos no Estado do Maranhão, chamado Pacovan. Na ocasião mais três pessoas foram presas.

De acordo com o delegado que conduziu a operação, uma das vítimas do grupo criminoso foi prefeito do município de São José de Ribamar, Eudes Sampaio, que teve casa invadida e ameaçado morte.

Os deputados que estão na mira da Polícia Federal são todos do mesmo partido, o Partido Liberal (PL).
Essa não é a primeira vez que Maranhãozinho tem seu nome citado como possível investigado, e associado à crimes.

O próprio deputado federal Aluísio Mendes (PSC) chamou Maranhãozinho de ”bandido, ladrão, canalha e quadrilheiro”, o fato ocorreu em outubro de 2018, em Zé Doca.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo