Gospel

Trio sobe em cruz e postam fotos com mensagens ofensivas

Jovens serão investigado pelo ato de desrespeito a objeto de culto.

Um trio decidiu subir em uma cruz em frente de uma igreja em São Bento do Sul (SC) na manhã da última terça-feira (20) para fotografar e postar as imagens nas redes sociais. As fotos foram compartilhadas nas redes sociais com mensagens ofensivas na legenda.

Os três serão investigados pela Polícia Civil, depois que imagens chegaram até os agentes por meio da imprensa local e o pároco da igreja registrou boletim de ocorrência contra os vândalos. Segundo informou o NSC, o delegado Lucas Mendonça deverá comandar a identificação das três pessoas envolvidas e acioná-las para depor.

“Ainda não temos confirmação sobre as identidades deles, nem mesmo se são todos maiores de idade. Quando isso for feito, eles poderão responder pelo artigo 208 do Código Penal, que trata de vilipendiar publicamente um ato ou objeto de culto religioso”, explicou o delegado.

O crime de vilipêndio tem pena de um mês a um ano de detenção ou multa. Apesar de a cruz não ter sido danificada, o ato foi interpretado como desrespeito contra a crença de terceiros. A postagem acabou sendo deletada assim que as imagens repercutiram.

A Igreja Matriz Puríssimo Coração de Maria foi construída entre 1955 e 1958 e fica no Centro de São Bento do Sul, sendo um dos cartões postais da cidade.

Intolerância

Cenas de intolerância religiosa contra igrejas cristãs têm sido frequente no mundo todo. Em Londres, capital da Inglaterra, um jovem decidiu arrancar a cruz de uma igreja. As imagens chocantes alcançaram mais de 24 milhões de visualizações.

Nesta mesma semana, igrejas foram incendiadas no Chile em meio ao vandalismo causado por radicais de esquerda. Mensagens de ódio contra os cristãos foram repetidas durante os atos, gerando muita preocupação quanto a liberdade religiosa no país.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar