fbpx
Fofoca

Mayra Cardi revela que descobriu pelo menos 16 amantes de Arthur Aguiar

Mayra Cardi voltou a falar sobre a relação com Arthur Aguiar. Em entrevista cedida ao colunista Leo Dias, do Metrópoles, ela abriu o jogo sobre o casamento com o ator, revelando ter descoberto pelo menos 16 amantes do ex-marido.

O jornalista questionou Mayra por ela ter falado em “traições”, e perguntou se foram 2 ou 3. A coach de emagrecimento então respondeu: “Que eu descobri foram 16, mas com certeza não descobri de todas. Não foram as traições que me deixaram mais chateadas. Eu não admito as traições, porque não admito mentiras. Se perder a confiança, acabou nossa relação. Se você quiser me trair, você me avisa que está tudo certo; se você sentir necessidade de buscar mulher na rua, me fala, mas não mente para mim.

“Ele tinha essa porta aberta. Cada caso é um caso, teria que analisar o contexto. Eu não jogaria um casamento fora por causa de uma traição, porque para mim amizade, cumplicidade, tudo o que eu não tinha, era mais importante. Foi por causa dessas coisas que eu não tive e principalmente por causa das mentiras que eu me separei. Não foi por causa das traições físicas. Não que eu ache isso certo e esteja defendendo”, completou.

Na entrevista, Mayra também revela que nunca traiu Arthur. Questionada sobre, ela foi enfática: “Porque não sou escrota e não traio ninguém”.

Por fim, ela contou o motivo de ter contado tudo. “Porque eu quero que minha filha veja tudo isso. Eu não desejo que ela tenha um relacionamento abusivo como eu passei. Eu não desejo que ela sofra, como eu sofri. Que ela encontre um marido como o pai dela”, afirmou.

“Quero que o pai dela se cure, para que ele seja exemplo para outros homens não fazerem essas coisas com outras mulheres e para que ela fale: minha mãe é foda. Era meu pai, ela amava ele, ela não aceitou e eu não vou aceitar isso de homem nenhum”, finalizou.

Confira a entrevista completa de Leo Dias com Mayra abaixo:

Mostrar mais

Deixe um comentário

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo