Entretenimento

Empresário processa Maluma por suposta tentativa de extorquir R$ 5 milhões

Richard Caring contratou o cantor para tocar em seu casamento, que precisou ser adiado. Ele teria cobrado o dobro do combinado inicialmente

O cantor colombiano Maluma está sendo processado pelo empresário Richard Caring por uma suposta tentativa de extorsão de US$ 1 milhão, mais de R$ 5 milhões.

O site TMZ divulgou documentos onde Caring acusa o colombiano de ter tentado fazê-lo pagar o dobro do combinado por um show em seu casamento. O empresário ainda alega que contratou Maluma para o evento que ocorreria em 7 de novembro do ano passado, na República Dominicana, sendo que o valor combinado giraria em torno de US$ 500 mil (R$ 2,6 milhões).

Mas, três meses antes do casamento, o empresário adiou o evento por problemas da organização “com aquela magnitude”. A data foi trocada para junho deste ano, agora em Roma.

Ainda segundo o TMZ, Caring afirmou que pagou US$ 375 mil (R$ 2 milhões) antecipados para Maluma. Posteriormente, a produção do cantor cobrou o total de US$ 1 milhão, o dobro do valor combinado.

Os documentos obtidos pelo TMZ informam que a equipe de Maluma teria justificado a cobrança extra com o fato de que a nova data do casamento interferiria na turnê do cantor pela Europa. O artista teria se recusado a devolver a quantia que recebeu antecipadamente.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar