Geral

Ministério da Agricultura emite alerta sobre gafanhotos

Fenômeno vem sendo monitorado em tempo real por autoridades brasileiras  

Diante da ameaça da nuvem de gafanhotos atingir o Brasil, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) informou que especialistas argentinos acreditam que a praga deve seguir em direção ao Uruguai. Entretanto, foi emitido um alerta para que as Superintendências Federais de Agricultura tomem medidas de controle da praga caso a nuvem adentre pelo país, em especial no estado do Rio Grande do Sul.

As autoridades brasileiras estão em contato permanente com argentinos, bolivianos e paraguaios por meio do Grupo Técnico de Gafanhotos do Comitê de Sanidade Vegetal (COSAVE). O caso vem sendo acompanhado em tempo real para que se consiga minimizar os efeitos de um eventual surto no Brasil.

– Esta praga está presente no Brasil desde o século XIX e causou grandes perdas às lavouras de arroz na região sul do país nas décadas de 1930 e 1940. Desde então, tem permanecido na sua fase isolada que não causa danos às lavouras, pois não forma as chamadas nuvens de gafanhotos. Recentemente, voltou a causar danos à agricultura na América do Sul, em sua fase gregária (formação de nuvens) – disse uma nota emitida pelo Mapa.

De acordo com o Ministério, os fatores que levaram ao fenômeno ainda estão sendo avaliados. Acredita-se que uma das prováveis causas esteja relacionada a questões climáticas, como temperatura, índice da chuva e dinâmica dos ventos.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo