Polícia

Suspeitos de matar Subtenente do Corpo de Bombeiros são identificados pela polícia

Desde o dia do crime, a polícia têm realizado  incursões a fim de prender os suspeitos. Apesar de todos os esforços o trio encontra-se foragido.

Nesta sexta-feira (12), a polícia conseguiu identificar todos os três indivíduos envolvidos na morte do subtenente do Corpo de Bombeiros, Walber Nélio que ocorreu na terça-feira (9), no bairro Vassoral, em Paço do Lumiar.

De acordo com informações das autoridades policiais, o autor dos disparos seria o homem identificado como Aldair Silva dos Santos , vulgo ‘Bebezinho’, que estava na companhia de mais dois comparsas também identificados, trata-se de Leandro Nascimento da Silva, o “Mousa” e Salum Barros da Silva, todos moradores d Residencial Pirâmide, município de Raposa.

Trio suspeito de matar militar estão foragidos.
Trio suspeito de matar militar estão foragidos.

Uma terceira pessoa também está sendo procurada pela Polícia, pois teria escondido a arma da vítima que foi subtraída durante o crime. As investigações apontam para uma mulher identificada apenas como Tamires que mora no bairro Vila Talita, também na Raposa.

Desde o dia do crime, a polícia têm realizado  incursões a fim de prender os suspeitos. Apesar de todos os esforços o trio encontra-se foragido.

VEJA TAMBÉM: Subtenente do Corpo de Bombeiros é assassinado em Paço do Lumiar

O crime

Na terça-feira (9), o subtenente do Corpo de Bombeiros, Walber Nélio, de 53 anos, foi morto com tiros na cabeça durante um assalto. No momento da ação criminosa houve troca de tiros e  arma do militar foi subtraída.

O filho de Walber Nélio chegou a levá-lo  ao hospital  Socorrão II, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu.

O subtenente estava chegando no sítio de propriedade da família, quando foi surpreendido pelo trio criminoso.

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo