Polícia

Homem é preso pela Polícia Civil após transportar grande quantidade de droga no MA

Indivíduo escondeu o material ilícito na bagagem.

A Polícia Civil do Estado do Maranhão prendeu, na manhã de hoje(13), na BR 316, próximo a entrada da cidade de Santa Inês/MA, um indivíduo natural de Boa Vista Do Gurupi-MA, transportando 35 invólucros grandes de uma droga comumente conhecida como maconha.

A Operação Policial ocorreu por meio das Superintendências Estadual de Repressão ao Narcotráfico (SENARC-MA), Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), da 7ªDelegacia Regional De Santa Inês-MA da Delegacia De Pio XII, através de suas equipes.

A Polícia Civil vem combatendo o Tráfico de Drogas nos municípios do Maranhão, e neste sábado(13), obteve a informação que um carregamento de drogas estaria vindo do município de Boa Vista do Gurupi-MA.

Droga estava na bagagem do homem que confessou ser responsável pelo material
Droga estava na bagagem do homem que confessou ser responsável pelo material

Após receber informações  de que um carregamento de drogas estava vindo do município de Boa Vista do Gurupi,  equipes de policiais civis montaram uma barreira, na BR 316, e passaram a revistar todos os veículos que passaram pelo local.

Um ônibus de transporte intermunicipal foi parado e, após breve revista, identificaram um indivíduo que levantou suspeita depois de  ser indagado sobre sua bagagem.

Diante das respostas vagas do indivíduo, foi feita uma revista no bagageiro do ônibus e os policiais conseguiram identificar a bagagem dele que, ao ser aberta, estava cheia de entorpecentes. A droga estava coberta apenas com uma rede de dormir.

Sem ter como esconder o fato delituoso, o acusado confessou a prática criminosa, reconhecendo que a bagagem era sua e o entorpecente, de sua propriedade.

Diante do flagrante, foi dada voz de prisão e o acusado foi encaminhado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Santa Inês, para os procedimentos de praxe, e após, encaminhado ao sistema prisional onde está à disposição do judiciário.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo