Mulher

Profissionais esclarecem: o que não pode comer quando faz tatuagem

O que não comer quando faz tatuagem? Essa é uma dúvida comum, incentivada especialmente pela ideia de que certos alimentos “remosos” ou “carregados” não devam ser ingeridos pois piorariam a cicatrização. Porém, destaca a dermatologista Fabiana Seidl (CRM-RJ 5287852-9), essa orientação faz parte da cultura popular e não possui embasamento científico. Saiba mais e conheça cuidados realmente necessários.

comer quando faz tatuagem?

São chamados popularmente de “remosos” alimentos mais ricos em gorduras, óleos, açúcares, sal. E há muito tempo é difundida a ideia de que tais alimentos contribuem para a inflamação da pele e, por isso, não devam ser consumidos durante um processo de cicatrização (como é o caso da tatuagem).

Nesse contexto, muitos alimentos são vistos como vilões após uma pessoa fazer tatuagem, como por exemplo: açaí, queijo, chocolate, pizza, frango, sushi, carne de porco, além do consumo de bebidas alcoólicas.

Esses alimentos estão, de fato, proibidos no período pós-tatuagem?

Para a tatuadora Jessica Prado, todos os alimentos citados podem ser consumidos sem exageros, desde que a pessoa esteja acostumada com eles. “Pois, se o seu organismo não está adaptado com tal alimento, demandará mais energia para digeri-lo, atrapalhando dessa forma o processo natural da cicatrização da tattoo”, diz.

“Sem contar que, se o alimento for muito gorduroso, ele pode dar espinhas na pele e, como a área tatuada está fragilizada, uma possível espinha na região pode influenciar de forma negativa no resultado final”, esclarece a tatuadora.

A dermatologista Fabiana acrescenta que, se a pessoa possui alguma alergia alimentar, esse alimento não deve ser ingerido, pois pode provocar coceira, levando ao aparecimento de traumatismos na pele pelas unhas e favorecendo o aparecimento de feridas e infecção do local.

Quanto ao consumo de álcool, este, sim, não é recomendado, nem antes nem depois do procedimento. “Antes não recomendo pois, quando a pessoa bebe, o sangue afina e a pessoa pode sangrar muito durante o procedimento. Depois da tatuagem, é interessante evitar o consumo na primeira semana já que o corpo vai estar se recuperando e precisa de todas as energias para que isso aconteça da melhor forma possível… Então, não seria legal exigir dele que também lide com uma ressaca”, explica a tatuadora Jessica.

“Importante destacar que estas orientações fazem parte do meu processo de trabalho, e que não são uma regra. Por isso, o ideal é sempre seguir as recomendações do(a) tatuador(a) que realizou o procedimento”, ressalta Jessica.

O que comer quando faz tatuagem?

A dermatologista Fabiana reforça que, para que qualquer ferida cicatrize adequadamente, é fundamental que não haja carência de vitaminas e minerais e que a ingestão de água, proteínas e carboidratos seja adequada. “E, caso a pessoa possua algum problema médico como diabetes ou hipertensão, esses devem estar controlados”, destaca.

Ou seja, se a pessoa seguir uma alimentação equilibrada, não há motivos para se preocupar com o que comer ou não comer quando faz tatuagem.

Porém, para quem, de toda forma, quer apostar em alimentos que são ricos em antioxidantes e compostos anti-inflamatórios – que poderão, assim, contribuir para a cicatrização da pele -, são boas opções:

  • Frutas vermelhas;
  • Tomate;
  • Frutas cítricas (laranja, acerola);
  • Alho;
  • Cebola;
  • Açafrão;
  • Castanhas;
  • Abacate;
  • Salmão, atum;
  • Azeite;
  • Amendoim;
  • Linhaça;
  • Sementes de chia, gergelim;
  • Chás anti-inflamatórios (como camomila, alecrim, gengibre).

Vale destacar que esses alimentos são apenas sugestões e devem ser incluídos em uma alimentação equilibrada, não sendo uma “regra” o consumo.

Outros cuidados com a tatuagem

De acordo com Jéssica, as principais orientações após fazer uma tatuagem são:

  • Beber bastante água;
  • Manter a tatuagem sempre limpa e hidratada;
  • Usar óleo de coco pra hidratar o local;
  • Não remover as cascas, nem coçar;
  • Fazer compressas de gelo em casos de tatuagens grandes;
  • Não ir à piscina, praia, sauna, etc.;
  • Usar protetor solar somente após um mês e meio.

Sobre cuidados locais, a dermatologista Fabiana reforça que é importante higienizar adequadamente a área e utilizar cremes à base de pantenol, manteiga de karité e vitamina B5 para manter a pele hidratada. “As crostinhas não devem ser arrancadas e, caso haja alguma evidência de infecção ou processo alérgico, deve-se procurar um médico imediatamente”, finaliza.

E se você está pensando em fazer uma tattoo em breve, confira também quais sãos os cuidados antes de fazer uma tatuagem.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Verifique também

Fechar
Fechar