Geral

Empório Social é realizado na Praça das Árvores com muita literatura e cultura

Nelson Melo

Em grande estilo, foi realizado, na manhã de sábado (14), o “Empório Social”, em sua
terceira edição, na Praça das Árvores, Cohatrac 4, em São Luís. O evento, promovido
pelo Comitê Gestor da Praça das Árvores, contou com a participação de movimentos
ativistas, escritores e outras pessoas que atuam, de alguma forma, na transformação
social e sustentabilidade da Grande Ilha. Uma deliciosa feijoada beneficente foi
servida ao final da programação.

De acordo com o pedagogo Camilo Filho, membro do Comitê Gestor, para esta edição
foram trabalhados os eixos Arte/Edução, Ecologia, Cultura/Identidade e
Trabalho/Cidadania. Com relação ao primeiro tópico, houve a contribuição das
bibliotecas comunitárias Monteiro Lobato e Arthur Azevedo, que disponibilizaram
infraestrutura para a contação de histórias e mediação de leitura. “As equipes
utilizaram inúmeras técnicas para adequar o mundo literário às crianças que passavam
pela praça”, declarou ele.

No que se refere ao eixo Ecologia, segundo o membro do Comitê, participaram a ONG
Libertas, o Fórum da APA Itapiracó (FAI) e a Equipe de Jardinagem Pedagógica. Na
ocasião, cada grupo ressaltou seus objetivos e atuação no meio ambiente com ações
efetivas, simples e de impacto. Já o eixo Cultura/Identidade foi marcado pela presença
dos escritores Geane Lima, Nelson Melo e Iramir Araújo. “O trio apresentou seus
lançamentos, que alcançam público diferenciado e com estilos literários diversificados.
Também neste eixo teve participação especial de Thalisson e Adriana, que
apresentaram o Dá Preta Afropespectiva”, disse Camilo Filho.

Por fim, o eixo Trabalho/Cidadania contou com o projeto “O Fascinante Mundo sem
Drogas”, DJOMA e Secretaria Estadual da Mulher. “As entidades congregadas neste
eixo não pouparam esforços e trouxeram para a praça suas produções, que refletem a
importância da conjugação benéfica entre o trabalho e a cidadania para a
comunidade”, pontuou o pedagogo.

O evento foi encerrado com uma feijoada beneficente, preparada por Maria Martins,
em prol da manutenção da Praça das Árvores, um local muito bonito. “O evento
Empório Social já está na agenda da Praça das Árvores há pelo menos 3 anos e
objetiva reunir pessoas para compartilhamento de ideias e práticas sustentáveis que
levem a melhoria da qualidade de vida das comunidades”, enfatizou o membro do
Comitê Gestor.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo