GospelMundo
Tendência

Estudo científico aponta que não existe gene homossexual

Mais de 470 mil pessoas foram analisadas na pesquisa

Um estudo, que reuniu cientistas dos Estados Unidos e Reino Unido iniciado em 2018, mostrou que não existe um “gene gay”, ou seja, que a homossexualidade não é algo genético. A pesquisa foi publicada nesta sexta-feira (30) pela revista Science.

Os estudiosos encontraram cinco variantes genéticas associadas a ter parceiro sexual do mesmo sexo, mas essas variantes, chamadas de SNPs, não são decisivas para o comportamento sexual das pessoas. Portanto, a sexualidade está atrelada também a experiência de vida do indivíduo.

– Não existe um “gene gay” que determine se alguém tem parceiros do mesmo sexo – disse Andrea Ganna, geneticista do Broad Institute of MIT e Harvard e da Universidade de Helsink.

Foram utilizadas 477.522 pessoas ao redor do mundo e milhões de marcadores genéticos (partes do DNA responsáveis por determinar características e atributos das pessoas).

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar