Gospel

Bolsonaro vai aos 108 anos da Assembleia de Deus no Brasil

Presidente participou da celebração em Belém, no Pará

Nesta quinta-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro fez sua primeira visita ao Pará. Em Belém, ele visitou um conjunto habitacional e se encontrou com o governador Helder Barbalho.

Durante a noite, o líder do Executivo compareceu ao aniversário de 108 Anos da Assembleia de Deus no Brasil. A solenidade cívico religiosa contou com uma multidão, marcando a abertura das celebrações por conta da data comemorativa.

Jair Bolsonaro durante Culto de Celebração dos 108 Anos da Assembleia de Deus Foto: PR/ Alan Santos

O evento aconteceu no Centenário Centro de Convenções da Assembleia de Deus em Belém. A programação começou com o Hino Nacional e teve também participações musicais e encenações sobre a história da denominação no país, após a chegada dos missionários Gunnar Vingren e Daniel Berg.

Em um dos vídeos exibidos, além dos trabalhos sociais da igreja, fiéis deixaram uma mensagem para o presidente. Várias pessoas disseram que oram pela vida de Bolsonaro, expressando apoio ao seu governo.

A união entre as autoridades municipal, estadual e federal foi celebrada. No palco, o prefeito Zenaldo Coutinho, o governador e o presidente Bolsonaro foram chamados para deixar uma breve palavra.

Bolsonaro declarou que o Brasil é um país cristão Foto: Reprodução

Ovacionado, Bolsonaro falou que estava feliz por estar entre amigos. Ele destacou que tem dividido sua responsabilidade com pessoas de bem e emitiu críticas à Rede Globo.

– Eu me lembro que antes das eleições eu apareci numa grande rede de televisão e lá me perguntaram o que estava escrito nas minhas mãos. Eu mostrei. Eram palavras em desuso por aquela emissora: Deus, família, Brasil – disse.

Em seguida, o presidente se dirigiu aos parlamentares presentes e ressaltou que eles têm a obrigação de, juntos, fazerem um país melhor para todos. Para Bolsonaro, é tempo de colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece.

– E nós não podemos falar em um Brasil forte, sem uma família forte. Sim, o Estado é laico, mas eu e todos nós somos cristãos. Respeitamos [outras crenças], mas o Brasil é um país cristão. Sou casado com uma evangélica. Tenho uma filha de 8 anos e meu sonho é deixar um país melhor para ela. Em 2014 pensei o que podia fazer para melhorar a nação e resolvi andar pelo Brasil. Vi a sede do povo e o que ele mais queria era a verdade. E fomos até João 8:32, que diz ‘e conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Devo a Deus a minha vida e devo a Eleq que pelas mãos de vocês estou na posição que cumpro hoje. Obrigado pelas orações – declarou.

Antes de encerrar seu discurso, Bolsonaro elogiou ainda sua equipe de ministros. Ele reforçou seu apoio a Sergio Moro e disse que está em paz, pois ações valem mais do que palavras. Segundo ele, as pessoas que estão ao seu lado o apoiam 14 horas por dia.

O apoio do pastor Samuel Câmara também foi apreciado pelo presidente, que concluiu pedindo orações por sua vida, pelas demais lideranças e pelo país. Em seguida ele disse a frase ‘Brasil acima de tudo, Deus acima de todos’ e deixou o microfone.

Pastor e deputado federal Marco Feliciano Foto: Alan Santos/PR

Finalizando o momento, o deputado Silas Câmara fez uma oração por todas as autoridades, incluindo o deputado Marco Feliciano, um dos preletores do evento de aniversário da tradicional igreja.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios