Fofoca

Suposta orgia entre celebridades em Fernando de Noronha gera polêmica: “Surubão da Rede Globo”

O perfil que gerou os rumores já conta com mais de 238 mil seguidores

Parece que a semana não está sendo nada tranquila nos bastidores da Rede Globo. Após as polêmicas envolvendo Marina Ruy Barbosa e outras atrizes com José Loreto, uma conta no Instagram chamada @joseloretosafado divulgou uma série de Stories falando de uma suposta suruba entre as celebridades da Globo em Fernando de Noronha.

O mais estranho? Tudo foi visualizado por nomes como de Bruna Marquezine e Tata Estaniecki. Sim, é isso mesmo o que você leu. “Vamos começar a contar a história de como tudo aconteceu, desde o começo. Todos que trabalham na Globo sabem que existe o ‘dark room’ nos bastidores. Isso mesmo, um espaço na rede televisiva onde atores e atrizes mais famosos participam de ‘confraternizações’. Muitas vezes, funcionários são proibidos de circular no local onde estão as celebridades brasileiras”, escreveu o dono da conta.

Tudo foi visualizado por nomes como de Bruna Marquezine e Tata Estaniecki.

 

Série de publicações na conta do usuário (Imagem: Reprodução/Instagram)

“Agora vamos para o que interessa: em breve na Netflix, ‘Surubão da Rede Globo’. O mal das atrizes é julgar [as] outras achando que o [próprio] teto é blindado. A única pessoa que não tem culpa alguma nessa história é Marina Ruy Barbosa. Giovanna [Ewbank], fica feio para você querer fazer show em rede social por conta do seu próprio marido”, continuou.

“Não conta nada e quer cobrar satisfação das amigas. Amiga, não, a menina da qual você foi madrinha de casamento. O José Loreto mandava mensagem pra Marina e ela não contava para não estragar o casamento dele. O único culpado dessa sujeira toda se chama José Loreto. O cara conseguiu envolver mais de nove mulheres em sua separação”, finalizou.

No Twitter, o assunto mais comentado do Twitter se tornou a hashtag “Noronha”. Veja alguns comentários: 

Até o fechamento desta matéria, as celebridades supostamente envolvidas na história não se pronunciaram sobre o caso.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios