fbpx
Mundo

Ex-policial é considerado culpado pela morte de George Floyd

Derek Chauvin respondia por três acusações no julgamento em Minneapolis nesta terça-feira (20); pena ainda será determinada

O ex-policial Derek Chauvin foi considerado culpado pelo júri no julgamento pela morte de George Floyd, durante uma abordagem no centro de Minneapolis (EUA) em maio de 2020. A decisão foi anunciada na tarde desta terça-feira (20), pouco mais de um dia depois que a acusação e a defesa fizeram suas alegações finais.

Chauvin ficou mais de 9 minutos ajoelhado no pescoço e costas de George Floyd
POOL VIA REUTERS / 20.4.2021
Ele respondia a três acusações — homicídio doloso em segundo grau, homicídio doloso em terceiro grau e homicídio culposo — por ter passado 9 minutos e 29 segundos ajoelhado sobre o pescoço e costas de Floyd, que já havia sido dominado e dizia que não conseguia respirar.Se receber a pena máxima, ele pode pegar até 75 anos de prisão: 40 pelo homicídio doloso em segundo grau, 25 pelo homicídio doloso em terceiro grau e 10 pelo homicídio doloso. A pena será decidida em uma audiência daqui a dois meses.

A acusação de homicídio doloso em segundo grau, que consiste em um crime não-planejado, mas com desprezo à vida humana, é a mais grave. O homicídio em terceiro grau existe apenas em alguns estados norte-americanos e diz respeito a atos intencionais, mas que levam a uma morte não-planejada. O homicídio culposo é a modalidade mais leve.

Fonte: R7
Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo