fbpx
NacionalPolícia

Operação mira esquema bilionário de sonegação no setor cafeeiro

Ação cumpre 35 mandados de prisão temporária, 124 de busca e apreensão e 61 de sequestro de bens em quatro Estados.

A Receita Federal, a Polícia Civil do Paraná e as Receitas Estaduais do Paraná e de Minas Gerais deflagraram nesta terça-feira (16) a Operação Expresso, que tem como alvo um suposto esquema de sonegação do setor de café.

A ação cumpre 220 mandados judiciais, sendo 35 de prisão temporária, 124 de busca e apreensão e 61 de sequestro de bens, nos Estados do Paraná, Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo.

De acordo com as investigações, os alvos estão ligados a um esquema bilionário de sonegação fiscal no ramo de comercialização de café em grão, além dos crimes de falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e associação criminosa. Levantamentos do Fisco apontam que os valores sonegados podem ultrapassar R$ 1 bilhão em impostos estaduais e federais, multas e correção monetária.

Resultado de investigações iniciadas há mais de dois anos, a força-tarefa da operação tem como objetivo desmantelar um grande esquema criminoso de sonegação de impostos e creditação indevida de ICMS na compra e venda de café em grão cru decorrente de comercializações entre os Estados.

Os alvos da operação são pessoas físicas e empresas. Entre estes, grandes atacadistas e corretores de café em grãos do Paraná, além de transportadores, proprietários e representantes de torrefações paranaenses conhecidas no ramo cafeeiro nacional.

Operação mira esquema bilionário de sonegação no setor cafeeiro
Operação mira esquema bilionário de sonegação no setor cafeeiro

Fonte: R7

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo