Polícia

Segunda fase da “Operação Ostentação” prende três foragidos da Justiça

Os envolvidos desviaram cerca de R$ 13 milhões do banco virtual Nubank, apontinvestigação da Polícia Civil.

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Estadual de Investigações Criminais (SEIC), Departamento de Combate à Crimes Tecnológicos (DCCT) e o Centro de Inteligência da Polícia Civil (CIPC) prendeu três indivíduos apontados como integrantes de uma quadrilha de Hackers na cidade de Imperatriz.

As prisões ocorreram nesta segunda-feira (25) e terça-feira (26), para dá cumprimento a três mandatos de prisão contra os foragidos da Justiça.
O primeiro investigado foi localizado no Povoado Bananal, em uma associação recreativa de Imperatriz.
Os outros dois acusados foram encontrados na cidade de Ribamar Fiquene, na região de mata conhecida como Sumauma. Os presos estavam dormindo em uma barraca improvisada. O local tinha antena para acesso à internet  via rádio.
Essa é  a segunda fase da “Operação Ostentação” iniciada em Imperatriz no mês de dezembro de 2020, onde envolvidos desviaram cerca de R$ 13 milhões do banco virtual Nubank.
Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo