Esporte

Mike Tyson volta aos ringues após 15 anos diante de Roy Jones Jr em luta de lendas

Duelo de oito rounds é um dos confrontos mais esperados dos últimos anos no boxe. A luta de exibição não terá pontuação oficial, mas os dois pugilistas vem se confrontando pelas redes sociais nas últimas semanas

O mundo das lutas volta todas as atenções para o confronto entre Mike Tyson e Roy Jones Jr., que ocorre a partir das 22h15 no card principal deste sábado (28), em Los Angeles, na Califórnia.

Será o retorno do ex-campeão peso-pesado aos ringues após 15 anos, quando perdeu para o irlandês Kevin McBride por nocaute técnico. O norte-americano de 54 anos enfrenta o compatriota, três anos mais novo e que lutou pela última vez de forma oficial em 2018, depois de uma recusa, em 2003, do próprio Jones. A batalha entre as duas lendas do esporte deve contar com regras específicas para evitar maiores problemas aos atletas.

Serão oito rounds de dois minutos cada durante o evento, que não terá um vencedor. Não haverá pontuação oficial, os lutadores usarão luvas maiores e, em caso de corte profundo, o combate deve ser interrompido. Apesar das medidas, parece que nenhum dos dois pugilistas planeja amenizar a potência dos golpes durante o duelo, que já começou fora dos ringues.

Enfrentamento nas redes sociais

Na quinta-feira, Tyson celebrou o Dia Nacional de Ação de Graças com um bolo personalizado com a imagem da cabeça de seu oponente. Em suas redes sociais, ainda o alfinetou ao dizer que o confronto deste sábado é “o acerto de contas” e que é melhor Jones “estar pronto”.

O adversário não pestanejou em sua resposta: “Eu só perdi lutas anteriores porque não estava interessado. Esta aqui está na lista de desejos. Você acha que não estou pronto, quando estou. Vejo você no sábado”, escreveu Jones Jr. Porém, o ex-campeão não descartou a chance de levar a pior no ringue contra Tyson. “Não estou brincando e agindo como um idiota, porque sei que a morte é possível. Quando você é atingido por Mike Tyson, tudo pode acontecer com você, a morte é uma possibilidade, sei que isso pode acontecer comigo na frente de alguém tão perigoso quanto ele. Amo boxe, então, se vou morrer de boxe, morrerei um homem feliz. Eu não me importo e luto para viver”, disse Jones.

De acordo com o jornalista norte-americano Kevin Iole, Tyson deve ganhar mais que o triplo de seu adversário pela luta: $ 10 milhões de dólares (cerca de R$ 50,5 milhões), enquanto Jones Jr. deve faturar ao redor de $ 3 milhões.

Tyson já havia afirmado que doaria a premiação para pessoas necessitadas. O pugilista postou vários vídeos durante o isolamento treinando em preparação para o combate. Em seu cartel, tem 50 vitórias (44 por nocaute) e seis derrotas. Roy Jones tem 66 vitórias (47 por nocaute) e nove reveses.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar