Polícia

Polícia prende filho que agrediu e ameaçou com uma faca o próprio pai idoso

A vítima é um idoso de mais de 80 anos. Caso repercutiu após o vídeo viralizar na internet.

Na última quinta-feira (20), um vídeo que circulou em diversos grupos de redes sociais mostra um homem agredindo e ameaçando um idoso. De acordo com informações colhidas pelo Jornal Itaqui-Bacanga, o lamentável episódio ocorreu no bairro Bom Sucesso, na cidade de Imperatriz, no sul do Maranhão.

Segundo a Polícia, o agressor foi identificado inicialmente como Paulo e seria o filho da vítima. O homem é visto nas imagens dando empurrões, chutes e expulsando o idoso de 86 anos de casa. Não satisfeito, o agressor pega uma arma branca (faca) e faz ameaças contra a vítima que cai após ser empurrado contra o chão.

Idoso foi agredido pelo próprio filho em Imperatriz
Idoso foi agredido pelo próprio filho em Imperatriz

O idoso que não teve o nome revelado foi amparado por populares, Ele ficou com hematomas e escoriações pelo corpo. De acordo com informações de vizinhos, não é a primeira vez que situação dessa natureza acontece. Durante a noite, Paulo foi preso em flagrante.

O Ministério Público informou que na delegacia especializada, só este ano, 53 investigações de violência contra idosos estão em andamento e o Centro de Referência Especializado em Atendimento (CREAS) também registrou 60 casos. A violência se dá de diversas formas, além da negligência e maus tratos, a violência financeira, que consta no Estatuto do Idoso – Lei 10.741/2003 – como a conduta de receber ou desviar bens, dinheiro ou benefícios de idosos, também é bastante comum e considerada crime.

“Tratar de violação de direitos dos idosos diz respeito não apenas à ausência de políticas públicas fundamentais como ainda à ocorrência de violência e maus tratos contra a pessoa idosa. Há uma mobilização do poder público no sentido de assegurar os direitos dos idosos e fazer valer o que está previsto na Constituição Federal e no Estatuto do Idoso no que diz respeito à prioridade desses direitos, e sobretudo a necessidade de consciência da sociedade”, disse o titular da 4ª Promotoria de Justiça Especializada na Defesa da Pessoa Idosa em Imperatriz, Alenilton Santos.

Para realizar qualquer denúncia de violência contra o idoso, de forma rápida, existe o Disk 100. Uma equipe do CREAS vai ao endereço informado, identificar a situação para punição do agressor e garantir a proteção do idoso vítima de violência.

“Nós estamos atravessando um período bastante difícil, o da pandemia, estamos ainda com medidas restritivas com relação à circulação de pessoas que acabaram por não permitir que houvesse essa liberdade das pessoas procurarem o poder público para fazer as denúncias. É fundamental que a sociedade vista essa camisa, abrace o direito dos idosos e faça valer tais direitos, acompanhando, fiscalizando os maus tratos e qualquer tipo de violência praticada contra os idosos”, reforçou o promotor.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Fechar