fbpx
NacionalPolítica

TRF-2 decide que Temer e coronel devem voltar à prisão

Corte analisou o caso nesta quarta-feira

Nesta quarta-feira (8), o Tribunal Federal Regional da 2ª Região (TRF-2) analisou um habeas corpus do ex-presidente Michel Temer e de João Baptista Lima Filho, o Coronel Lima. Por dois votos a um, a 1ª Turma da Corte decidiu revogar os pedidos e determinou que os dois voltem à prisão.

Os desembargadores desembargadores Abel Gomes, Paulo Espírito Santo e Ivan Athié também votaram e mantiveram a liberdade de Moreira Franco, ex-ministro de, Maria Rita Fratezi, arquiteta e mulher do coronel Lima, Carlos Alberto Costa, sócio do coronel Lima na Argeplan, Carlos Alberto Costa Filho, diretor da Argeplan, Vanderlei de Natale, sócio da Construbase e Carlos Alberto Montenegr Gallo, administrador da empresa CG IMPEX.

Temer e Moreira Franco foram presos preventivamente no dia 21 de março, mas soltos quatro dias depois, por ordem do desembargador Antonio Ivan Athié, também do TRF-2. Os outros também foram soltos no mesmo dia.

Todos são investigados por desvios de verba durante a construção da usina de Angra 3, no Rio de Janeiro. Os investigadores estimam prejuízo de R$ 1,8 bilhão aos cofres públicos.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo