Esporte

Tenista brasileiro é banido do esporte por vender resultados

Diego Matos estava suspenso desde 2018 por conta de investigação

O tenista brasileiro Diego Matos foi banido nesta segunda-feira (9), de participar de qualquer competição profissional de tênis pelo resto de sua vida. A decisão foi divulgada pela Tennis Integrity Union (TIU), um comitê que investiga casos de aposta no esporte, e é resultado de uma investigação envolvendo o atleta, que teria participado de um esquema de venda de resultados de suas partidas.

Além de ser banido, Diego Matos terá que pagar uma multa no valor de 125 mil dólares (R$ 511 mil) e precisa devolver 12 mil dólares (cerca de R$ 50 mil) referentes à premiação de torneios disputados no Equador, onde é acusado de ter feito combinação de resultados.

As investigações concluíram que Diego Matos combinou o resultado de 10 partidas disputadas em 2018 em torneios de nível ITF no Brasil, Sri Lanka, Equador, Portugal e Espanha. O tenista também foi culpado por não cooperar com investigações da entidade ao longo do último ano, sem fornecer seus registros telefônicos ou movimentações financeiras.

Matos estava suspenso preventivamente desde 6 de dezembro de 2018 pela TIU. Ao longo deste tempo, o comitê seguiu investigando e cobrando do tenista brasileiro maiores explicações sobre os casos em que ele estava envolvido. O jogador está banido definitivamente do tênis e o processo não cabe recurso.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios