BBB19

Polícia investigará denúncias de racismo no BBB19

Inquérito foi aberto após reclamação de internautas nas redes sociais

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) abriu inquérito para apurar as denúncias de racismo e intolerância religiosa que teriam acontecido dentro da casa do Big Brother Brasil 19. Os alvos da investigação são os participantes Maycon e Paula. A Polícia Civil instaurou inquérito após reclamações de internautas nas redes sociais.

No último sábado (9), Maycon disse ao amigo Diego que sentiu um arrepio ao ver Gabriela e Rodrigo, ambos negros, dançarem juntos uma música de Jorge Aragão cujo tema é o racismo e a identidade negra. Maycon disse que eles dançavam “músicas esquisitas” que falavam “coisas esquisitas”. Ele também declarou a Diego que ouviu Jesus falar para o rapaz “não ser como eles [Gabriela e Rodrigo]”.

Já a mineira Paula, em uma conversa com a colega de confinamento, Hariany, admitiu ter medo da religião de Rodrigo, que é candomblecista.

Paula é acusada de intolerância religiosa Foto: Reprodução

– Eu tenho muito medo do Rodrigo. Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso, mas nosso Deus é maior – declarou Paula.

Até o momento, a Rede Globo não se pronunciou sobre as denúncias e nem comentou o inquérito da Polícia Civil.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar