Tecnologia

Mudança em servidor foi a causa da maior instabilidade na história do Facebook

Uma mudança nas configurações do servidor do Facebook causou a instabilidade enfrentada por usuários da rede social, do Instagram e do WhatsApp em todo o mundo na tarde de quarta-feira (13).

Assim como fez quando reconheceu que seu sistema estava enfrentando problemas, o Facebook foi até o Twitter para justificar aos usuários o mal funcionamento dos seus apps durante quase todo o dia.

“Ontem, como resultado de uma mudança na configuração do servidor, muitas pessoas tiveram problemas para acessar nossos aplicativos e serviços. Agora resolvemos os problemas e nossos sistemas estão se recuperando. Lamentamos muito o inconveniente e agradecemos a paciência de todos”, afirma a nota da empresa.

As interrupções duraram quase que o dia inteiro — o maior tempo de instabilidade já registrado pelo Facebook. Usuários relataram problemas para fazer login e postar no site, bem como no Instagram e WhatsApp durante todo o dia. A redação do Canaltech, em seus testes, só registrou estabilidade nas redes sociais por volta das 23h55.

Durante a tarde, o Facebook chegou a emitir um comunicado negando que problema tenha sido causado por um ataque DDoS, mas sem dar outras informações sobre as causas do problema.

O site Downdetector, que avalia status de conexões em tempo real, registrou um pico de mais de 12 mil reclamações de pessoas no mundo inteiro. Na manhã desta quinta-feira (14), o número de reclamações despencou, confirmando o retorno à normalidade. Entre as principais reclamações, estavam a impossibilidade de carregar o site ou não poder postar comentários.

O chefe de produtos de vídeo do Facebook, Paresh Rajwat, chegou a passar por uma saia justa por causa do problema no servidor. Ele palestrava em um evento da empresa na conferência South by Southwest em Austin, Texas, enquanto a rede estava passando por problemas. “Hoje é o dia das dificuldades técnicas para o Facebook, eu acho”, brincou ao microfone, quando sua própria apresentação falhou.

Fonte: CNBC

 

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar