Gospel

Feliciano chama “demônio” entrevistado na IURD de trapaça e critica ataques

Pastor chamou o bispo Formigoni de “ventríloco de demônios” e lembrou que o diabo é o “pai da mentira”

O pastor Marco Feliciano criticou em suas redes sociais uma reunião da Igreja Universal do Reino de Deus onde um homem supostamente endemoniado diz que todas as igrejas cristãs são do diabo, menos a IURD.

Na visão de Feliciano, que é um pastor pentecostal e teve sua fé caluniada no vídeo, o objetivo de situações como esta é ludibriar a fé das pessoas.

O religioso acusa o bispo Formigoni, da IURD, que entrevistou o “demônio”, de usar o homem para atacar as igrejas evangélicas.

“Não me calarei contra esses fariseus que ousam atacar a Noiva do Cordeiro, coisa que já fiz quando outro líder religioso comparou um culto pentecostal a um centro de feitiçaria”, declarou Feliciano.

Para o pastor pentecostal, Formigoni gravou um vídeo para se desculpar como se não tivesse tido a responsabilidade pelo que foi falado pelo homem supostamente endemoniado.

“Peça desculpas a todas as igrejas que foram citadas nominalmente, pois o senhor instigou o tal espírito a falar todos os nomes. E após pedir desculpas, seja homem suficiente para dizer que não concorda com o que tal espírito falou”, completou.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar