fbpx
NacionalPolítica

Deputado federal Alexandre Frota é expulso do PSL

Ele foi acusado de infidelidade partidária após criticar o presidente Jair Bolsonaro

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) foi expulso do partido. A decisão foi tomada nesta terça-feira (13). Frota enfrentou dois pedidos de expulsão, um da deputada Carla Zambelli (PSL-SP) e outro do senador Major Olímpio (PSL-SP).

O presidente da sigla, Luciano Bivar, realizou uma votação com os executivos e a expulsão ganhou por unanimidade entre os presentes: oito votos a zero. Entre os presentes estavam Major Olímpio, o deputado Felipe Francischini (PR), o deputado Julian Lemos (PB) e o líder da sigla na Câmara, Delegado Waldir (GO).

Na saída da reunião, Olímpio se ateve a dizer que estava “satisfeito com o partido”.

Frota foi acusado de infidelidade partidária após desferir críticas ao presidente Jair Bolsonaro e sua família. O presidente do diretório do PSL em São Paulo, que elegeu Frota, é Eduardo Bolsonaro.

O QUE ELE DISSE
No Twitter, Frota afirmou que o diretório de São Paulo do PSL é uma “milícia de ex-PMs”, que Bolsonaro era sua “maior decepção” e que o presidente “deveria dar um esporro” em Olavo de Carvalho.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios