EntretenimentoEsporteFofoca

Robinho, Cristiano Ronaldo: confira outros jogadores que foram acusados de estupro

Ao longo da carreira, personalidades do esporte foram envolvidos em escândalos sexuais, sendo alguns detidos pela Justiça

Às vésperas do início da Copa América, sediado no Brasil, Neymar voltou a ser assunto por polêmicas extracampo. Dessa vez, o jogador é acusado de estupro por uma mulher em Paris, na França. O caso não é novidade entre atletas de futebol, que acumulam investigações por violência sexual ao longo da carreira. Listamos outros nomes envolvidos em episódios semelhantes:

Cristiano Ronaldo

Eleito cinco vezes o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo foi envolvido em dois casos de estupro. Em 2005, uma garota afirmou ter sido abusada pela atacante, na época, com 20 anos – a polícia não encontrou provas. Em caso mais recente, revelado em março do ano passado, uma ex-modelo se relacionou sexualmente com o atleta e recebeu dinheiro para não levar o caso a público, mas assim o fez nove anos depois alegando ter sido forçada. A acusação está sob investigação.

Robinho

Estrela da Seleção Brasileira, o atacante Robinho foi condenado pela Justiça Italiana em 2013 sob a acusação de ter participado de um estupro coletivo contra uma jovem albanesa, quando atuava pelo Milan-ITA. A pena foi de nove anos de prisão, mas o atleta recorreu e o caso segue aberto.

Marcelinho Paraíba

O meia Marcelinho Paraíba, que teve passagem pelo Fortaleza na carreira, foi detido em 2011 após suposta tentativa de estupro em Campina Grande. A mulher fez B.O. e apresentou ferimentos no lábio, mas o ex-jogador foi liberado com pagamento da fiança por agressão.

Mancini

Com passagens por Roma, Inter e Seleção, o meia Mancini foi condenado na Itália e preso por três anos após estupro cometido durante uma festa realizada pelo ex-jogador Ronaldinho, em 2011. O crime aconteceu enquanto a mulher estava desmaiada. Agora aposentado, o ex-atleta segue negando o ato e se diz vítima de extorsão.

Cuca

Agora técnico do São Paulo, Cuca acumula uma prisão na carreira por estupro coletivo quando era jogador do Grêmio. A ação violenta teria acontecido com três colegas de time em Berna, na Suíça. Todos passaram um mês detido pela Justiça suíça.

Brandão

Ídolo na França, o atacante Brandão foi detido em 2011 devido acusação de estupro. Uma mulher afirmou ter sido violentada pelo brasileiro em um automóvel, quando era conduzida para casa pelo atleta. Um juiz do país alegou incoerências e contradições, encerrando o caso.

Jobson

Com muitas polêmicas na carreira, Jobson foi preso acusado de estuprar quatro garotas menores de idade em 2016, na cidade de Couto Magalhães, Tocantis. O ex-jogador encerrou a carreira após o caso e ficou detido no mesmo ano até setembro. Depois, passou a usar tornozeleira eletrônica.

Danilinho

O atacante Danilinho foi acusado de ter estuprado uma menor de idade quando atuava pelo Tigres, do México, em 2013. A suposta vítima retirou a denúncia afirmando sofrer ameaça de morte.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios